FATORES RELEVANTES NA INICIAÇÃO SEXUAL

DISCURSO COLETIVO DE ADOLESCENTES EM UMA ESCOLA DO RECIFE, BRASIL

  • Vilma Maria Silva Universidade Federal de Pernambuco
  • Rosemary de Jesus Machado Amorim Universidade Federal de Pernambuco
  • Romualda Castro do Rêgo Barros Universidade Federal de Pernambuco
  • Marly Javorski Universidade Federal de Pernambuco
  • Bianca Arruda Manchester de Queiroga Universidade Federal de Pernambuco
  • Rógerson Tenório de Andrade Universidade Federal de Pernambuco
  • Luciane Soares de Lima Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Educação Sexual. Gênero e Saúde. Saúde Sexual e Reprodutiva. Saúde do Adolescente. Pesquisa Qualitativa.

Resumo

Na adolescência a sexualidade tem significado especial, já que o indivíduo inicia a consolidação da identidade sexual e atinge a capacidade reprodutiva. A primeira relação sexual acontece cada vez mais cedo e a vivência saudável do período de experimentação inerente à adolescência contribuirá para formação de adultos capazes de tomar decisões conscientes e planejadas ao longo da vida, evitando situações traumáticas. Este trabalho qualiquantitativo é resultado de dissertação com objetivo de conhecer as opiniões dos adolescentes de uma escola pública em relação a fatores relevantes para iniciação sexual. A população foi constituída de adolescentes entre 15 e 19 anos e a amostra foi composta por 61 adolescentes. Foi utilizada a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo com o auxílio do Qualiquantisoftware. As categorias identificadas foram: práticas preventivas; sentimentos e parceria; estrutura pessoal, familiar e financeira; rede de apoio; protagonismo juvenil e gênero feminino: responsabilidade, desconhecimento e submissão. Embora este assunto seja muito abordado, muitos adolescentes não trazem as informações para seus contextos de vida. Recomenda-se que as famílias e as escolas priorizem espaços para discussão desse tema, além do acesso às políticas de saúde sexual e reprodutiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vilma Maria Silva, Universidade Federal de Pernambuco

Ginecologista com atuação em Sexologia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), mestre e doutoranda em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Rosemary de Jesus Machado Amorim, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em Nutrição pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

Romualda Castro do Rêgo Barros, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em Medicina Tropical pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Marly Javorski, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

Bianca Arruda Manchester de Queiroga, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

Rógerson Tenório de Andrade, Universidade Federal de Pernambuco

Mestre em Patologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

Luciane Soares de Lima, Universidade Federal de Pernambuco

Pós-doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

Publicado
2018-12-31
Como Citar
Silva, V., Amorim, R., Barros, R., Javorski, M., Queiroga, B., Andrade, R., & Lima, L. (2018). FATORES RELEVANTES NA INICIAÇÃO SEXUAL. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 29(1), 30-38. Recuperado de https://revista.sbrash.org.br/index.php/revista_sbrash/article/view/39
Seção
Trabalhos de Pesquisa